Monthly Archive: outubro 2016

Séries Coreanas – Doramas para suspirar

De uns tempos para cá, além de consumir mais séries que filmes eu tenho buscado séries com episódios mais curtos para intercalar com aquelas longas (seja na quantidade ou na duração de cada episódio). Além disso, dá para aproveitar aquele tempo curto que aparece entre uma tarefa ou compromisso, sem ficar picotando em partes ou ficar “presa” até acabar. Claro que alguns seriados, com seus episódios de 50 minutos ou mais ainda tem espaço, mas esses eu reservo para ver com calma. Separo um dia/noite da semana e aplico o ritual de sentar em frente à tv e assistir completo (evitando pausas). Mas às vezes aquela vontade de algo leve e descompromissado bate, e é sempre bom contar com aquela série de 20 minutos ou menos – sim, eu encontrei séries com menos.

Daí, e de muitas indicações da Senhora Netflix, eu conheci o mundo das séries Coreanas. Pois é, e meio que escolhendo por duração, antes mesmo de ver a sinopse engatei em algumas coisas que me fizeram questionar minha sanidade a princípio, mas que depois eu consegui desencanar e aceitar que era diferente e ok. Não sei os títulos originais, só como apareciam na Netflix, então se estiver errado, não me julguem.

Resultado de imagem para noble my love

Tudo começou com Noble, My Love. Meio dramédia, leve e quase bobinha, apenas 1 temporada com 20 episódios numa média de 15 minutos cada – alguns tem menos. Vou confessar que eu não sei como consegui chegar ao fim, mas quando cheguei já estava ok com as atuações acima do exagero normal. Eu achei um mix de Orgulho e Preconceito + Cinquenta tons de cinza (super hiper light) + Crepúsculo (só na idealização do afeto exagerado) e algumas outras coisas que que não consigo identificar. Mas assim, para desopilar o fígado e abstrair do mundo entre uma tarefa e outra, vale. Passa rapidamente e de forma quase indolor – é só esquecer o senso crítico um pouco e relaxar. (Sim eu meio que me segurei ao ver alguns comportamentos super errados, muitos machistas, muitos obsessivos, questionando minha racionalidade de estar ali…)

Resultado de imagem

 

E depois dessa leveza toda acabar eu fiquei curiosa com séries do gênero e cacei outras. Sempre levando em conta a duração dos episódios para manter essa vide sem compromisso suave. Depois de uma indicação da Netflix (novamente) e do aplicativo de séries que resolvi testar – o TVShow Time – encontrei a 9 Seconds – Eternal Time.

Resultado de imagem

 Estrelado por Lee Joo Seung e Na Hae Ryung.

Num encontro do acaso na vizinhança de um estúdio fotográfico, Yoo So Ra (Na Hae Ryung ) e Kang Yoo Chan (Lee Joo Seung) desenvolvem um romance de fotografia perfeita com a ajuda de uma câmara mágica que pode congelar o tempo.

Muito melhor em relação à enredo e atuações. Uma história curta e emocionante. Você pode não notar, mas ninjas cortadores de cebola espreitam você a cada episódio.

Eu recomendo, são 5 episódios de em média 13 minutos cada. E não tem enrosco para encontrar, tem lá no Netflix, e em sites de séries Coreanas. Vale além da história, pela estética muito bem elaborada, imagens lindas, tecnologia de ponta para o padrão de séries…

Resultado de imagem

Por hoje vou deixando essas duas aqui como exemplos. Ambas estão lá no Netflix, e vale pela curiosidade de conhecer produções diferentes e curtinhas. E sim, depois o meu catálogo ficou com vária indicações diferentes e de séries semelhantes. Essa curtinhas valem para o horário do almoço, aquela espera básica…

Espero que goste da indicação.

Se conhece mais títulos, indica aqui nos comentários,  vai ser legal compartilhar e quem sabe depois a gente não faz postagem ou mesmo um podcast sobre o tema.

Estamos no Facebook e no Twitter, vem acompanhar e falar com a gente!

Deu na Caixola – Episódio Piloto – Footloose

itunes pic
Nesse episódio piloto, Claudia Poulain e Rafael Pedago conversam sobre o filme clássico dos anos 80, FOOTLOOSE.
Um clássico da sessão da tarde revisto nos dias de hoje.
Será que ele passa pela regra dos 15 anos? E se faz ou não sentido?

Venha ouvir e fazer parte dessa conversa.

Envie seu comentário, seu feedback é muito importante!
E-mail: contato@boxofme.com.br

Conheça também o nosso blog: www.boxofme.com.br

%d blogueiros gostam disto: