Séries

Stranger Things

Em um mundo repleto de séries, com tantas indicações vindas de todos os lados, é mais que natural a gente questionar o porque dar abertura para mais uma novidade do momento. E muito além de nomes de elenco, de produção com mega orçamento, de divulgação em mídias variadas, ou o burburinho nas redes sociais… qual o seu critério para dar uma chance e testar uma novidade?

Eu me rendi depois de ver as referências que fazia aos filmes e temas que me eram caros. E em especial depois de ler uma citação de Stephen King elogiando não só a série como a atuação de Winona Ryder.

stephen-twitter

“STRANGER THINGS é pura diversão. A+. Não perca. Winona Ryder brilha.”

Depois disso, não teve muito como fugir da curiosidade monstro e me rendi, e consegui a muito custo levar comigo nessa viagem o marido, que mesmo estando mais ressabiado do que eu, depois do primeiro episódio já estava mais do que conquistado. (mais…)

Sobre a vida e os 30’s

Sobre a série:

A série acompanha a vida, nos âmbitos pessoal e profissional, de Dev (Aziz Ansari), um ator de 30 anos de Nova York que tem problemas para decidir o que quer comer, mas não para decidir qual caminho quer seguir para o resto de sua vida. Ambiciosa, divertida, cinematográfica e intensamente pessoal, a história de Dev o leva a mergulhar em diversos temas, desde direito dos idosos à rotina dos imigrantes em um país estrangeiro.

Eu ouvi recomendações dessa série no podcast Um Milk Shake Chamado Wanda, mas foram muito breves na temática e nos assuntos tratados nela. Demorei, enrolei, mas lá fui eu conferir. (mais…)

Série: Suspense e segredos em Broadchurch

Ainda na linha “Por que eu não tinha visto isso ainda?”, segue uma grata descoberta que muito provavelmente passou desapercebido pelo radar de muita gente. A série britânica BROADCHURCH, originalmente do canal ITV, aqui no Brasil está passando pelo +Globosat.

Engatei um episódio aleatório, por distração ao mudar de canal, acabei ficando pela curiosidade de ver o David Tennant, acabei me surpreendendo e assistindo dois episódios consecutivos do meio da trama. Fiquei intrigada e busquei os primeiros e encontrei no serviço de streaming da Globosat, ou seja, dá para acompanhar a primeira temporada tanto na TV quanto pelo streaming – dentro da legalidade e sem aqueles perrengues. Pelo que entendi, várias operadoras disponibilizam o canal nos pacotes, foi só entrar com o usuário e senha da operadora para ter acesso. (mais…)

Relacionamento com séries de longas a longo prazo

Em relação ao hype de How I Met Your Mother, confesso que perdi. Seja por motivos de não ter acompanhado desde o começo, ou por quando eu finalmente entender e ver mais sobre a série ela já estar em seu fim. Daí que demorei, e um dia, sei lá o motivo que não lembro mais, começamos a ver um episódio aleatório na tv a cabo e depois veio a aparecer na lista de recomendações do nosso amigo streaming de vídeos (no caso o bom e velho amigo Netflix). Pelo menos assim conseguiríamos ver em ordem cronológica desde o começo, porque no canal Sony só passavam os da sétima temporada pra frente.

821ca370-eec6-0132-f0c8-0ed54733f8f5

(mais…)

Maratonando Z Nation

Um momento que o excesso de pensamentos e muitas dúvidas existenciais te assolam e você fica meio perdido no caos da vida rotineira, é interessante entrar numa pequena vórtice de aleatoriedade que as séries nos oferecem. Um pouco vasto esse caminho, e podemos ceder à tentação de seguir às tendências do momento, indicações de amigos, temas específicos ou mesmo algo  bem aleatório de acordo com os padrões de coisas trash que costumamos seguir. Nesse caminho eu tento seguir um pouco de cada opção citada, mas uma das minhas tentativas aleatórias foi bem interessante, tanto na descoberta quanto na surpresa de que algo tão tosco pode vir a ser tão interessante e digno de maratona básica.

Lá fui eu, embarcando no mundo desconhecido da séries do SyFy e pegando carona na série Z Nation, que agora já tem as duas primeiras temporadas disponíveis no Netflix. A 1ª temporada é de 2014 e é composta por 13 episódios, já a 2ª temporada é de 2015 e é composta de 15 episódios com aproximadamente 40 minutos cada. A série foi renovada para a 3ª temporada em 2016.

collage

(mais…)

%d blogueiros gostam disto: